Diogo Leite  Sampaio é anestesiologista, diretor do Hospital de Câncer de Mato Grosso e diretor Clínico do Hospital Beneficente Santa Helena em Cuiabá.
Sua atuação no movimento associativo vem desde a época da residência e conta com a defesa de importantes causas da classe médica.

  • É vice-presidente da AMB desde 2017, onde, entre 2014 e 2017 ocupou o cargo de diretor de Comunicação.
  • Desde 2005 é membro da Comissão Nacional de Residência Médica.
  • Preside, pela terceira vez, a Sociedade Matogrossense de Anestesiologia (Soma) e é membro do Conselho Superior da Sociedade Brasileira de Anestesiologia (SBA).
  • Presidiu a Associação Nacional do Médicos Residentes (ANMR) e a Associação dos Médicos Residentes do Estado do Rio de Janeiro (Amererj).
  • No âmbito internacional participa de dois comitês da WMA e já foi membro da Comissão Fiscal da Confemel.

Diogo Sampaio participou ativamente nas principais causas defendidas pela AMB na última década, seja na condição de diretor de Comunicação seja como vice-presidente. Atuou de forma decisiva em conquistas importantes, como: moratória (proibição de abertura de escolas médicas por cinco anos); decreto das especialidades; fim do Revalida Light, desmascarando a máfia que atua na revalidação de diplomas; denúncias sobre a falta de EPIs durante a pandemia; denúncias sobre as irregularidades do Mais Médicos e das dificuldades de inscrição de brasileiros no programa, dentre outras.